Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Colocaram Mentos na Geração Coca-Cola

por cincodiasuteis, em 07.10.14

Desde que correu a notícia de que o Brasil ia ter eleições que se ouvia que desta vez a Dilma Roussef tinha a tarefa muito complicada e que ia ser uma “luta” taco a taco com uma outra candidata: Marina Silva. Eis que saem agora os resultados da primeira volta e parece que Dilma vai disputar a segunda volta com Aécio Neves. Quem?

 

Em Portugal, só ecoou, para além das duas candidatas acima referidas, que tinha havido um outro candidato que teve um desastre aéreo e faleceu. O desconhecimento do Brasil é uma coisa que é preocupante, uma vez que é um país próximo de Portugal e não me refiro apenas a aspectos culturais (também eles muito importantes).

 

Desde há um ano para cá, a imagem que passava era que o povo brasileiro estava todo contra Dilma e que as manifestações por altura da Taça das Confederações eram reflexo disso mesmo. Não faltou quem elogiasse o espírito do povo brasileiro (excepção feita à violência) que não ficava sentado no sofá como fazem os portugueses (diziam essas pessoas).

 

Afinal de contas, parece que Dilma não ganhar a segunda volta das eleições contra Aécio Neves (quem?) seria uma grande surpresa. Aquilo que aparenta é que ela não vai ter que se esforçar muito para ter a vitória das eleições no bolso. Sinto-me, portanto, desinformado. Não no sentido de não ter informação, mas no sentido de ter informação errada. Bem sei que as sondagens indicavam outros resultados, mas de que forma é que se podem bipolarizar umas eleições deste género logo na primeira volta?

 

É verdade que o suspense costuma prender as pessoas aos filmes e aos livros, mas eu gostava de que a realidade não fosse tratada como a ficção.

 

Lembro-me de uma mensagem que correu as redes sociais na altura das manifestações e que dizia que tinham colocado “mentos na geração coca-cola”. Apesar de tudo, estava certa. Se Dilma ganhar, como parece que vai acontecer, não houve nenhuma explosão. Apenas uns ligeiros estalidos próprios de quem mete mentos num copo de coca-cola. No final, fica tudo na mesma. Tal como acontece em Portugal. Está tudo descontente, mas no fim ganha sempre um de dois partidos: PS ou PSD.

 

Posto isto, espero não ter mais surpresas vindas do Brasil. Depois dos 7-1 do Mundial e do resultado desta primeira volta, só faltava ir ao Sabor Mineiro e ser um restaurante vegan. Ou os morangos não serem do Nordeste. Vejam lá isso.

 

Francisco Mendes

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contacto

cronicasinuteis@sapo.pt