Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


E não digam que vão daqui

por cincodiasuteis, em 03.09.14

O Verão é a altura do ano em que mais animais de estimação são abandonados. Não deve haver melhor altura, então, para que as associações de defesa de animais consciencializem as pessoas sobre este assunto e apresentem alternativas a quem vai de férias e não pode levar o seu animal atrás.

 

Não quero generalizar. Vou concentrar-me apenas numa das associações. A associação ANIMAL. É verdade que eu falo muito neles e no PAN (nem sei bem qual é a diferença). Confesso que eles estão para a minha vida como a lua para as ondas, o poder para o Alberto João Jardim ou o leitão para a Bairrada - não vivo sem eles.

 

Desafio todos a irem ao Facebook da ANIMAL e a procurarem uma única referência a este assunto desde que se iniciou o Verão. Mais! – desafio qualquer um a encontrar algo que não seja relacionado com a actividade tauromáquica.

 

Dir-me-ão que é porque a actividade tauromáquica encontra o seu expoente máximo de actividade durante o Verão. A questão não é protestarem contra isso. A questão é preferirem protestar sobre um assunto controverso e nada fazerem em relação a um assunto unânime. Dá mais visibilidade, é verdade. Mas para que lhes serve isso?

 

A postura da ANIMAL é o correspondente àquelas actrizes que relançam a carreira pondo implantes de silicone. A atenção deixa de estar virada para a forma como representam, mas toda a gente fala delas. Nem que seja para dizer que ganhariam sempre no photo finish.

 

Eu tenho uma visão muito particular sobre a ANIMAL. Eu vejo-os como um concorrente do Ídolos. Não como um dos que ganhou (se assim fosse, nunca me lembrava deles. Nem eu, nem ninguém). Um daqueles que fez figuras tristes e toda a gente comentou e que toda a gente recorda. A ANIMAL é o Bubacar das ONG.

 

Espero que este texto não fira nenhuma susceptibilidade de ninguém da ANIMAL ou simpatizante (como nos clubes de futebol). Até porque, uma vez mais, fiz-lhes publicidade. E não digam que vão daqui.

 

Francisco Mendes

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contacto

cronicasinuteis@sapo.pt